Japão

Guia de viagem com as principais informações e dicas para você viajar para esse país incrível 🇯🇵

O Japão, também conhecido por “Terra do Sol Nascente”,  tem uma área de 377 mil quilômetros quadrados, 126 milhões de habitantes e é a terceira economia mundial.
Um país frenético, tecnológico, mas com equilíbrio e muita civilidade. Fora a cultura milenar que fascina!

Como chegar

Voos ✈️

Existem várias opções (via USA, Frankfurt, África ou Dubai) mas a dica é – ficar esperto no app melhores destinos que sempre rolam promoções bacanas para Ásia e Europa além de bônus na transferência das milhas.

Eu fui pela Emirates, no gigante Airbus A380  e consegui um upgrade. A business class desse avião é simplesmente espetacular, nem fica chato as milhões de horas de voo, tipo… iria todo mês kkk.

O gigante Airbus A380 da Emirates

Rota do Voo da Emirates até o Japão

Business Class Airbus A380 Emirates Business Class Airbus A380 Emirates

A escala foi de 5h no aeroporto de Dubai, como passageiro em trânsito, mas também é sensacional, tem um free shop que mais parece um shopping e no 2º andar o Lounge da Business com banho, massagem, restaurantes, vinhos… o tempo passou rapidinho.

Aeroporto Dubai

Mas a real é, só foi tranquilo porque fiz o upgrade, caso contrário é punk (15h para Dubai + 5h de conexão + 12h para Tóquio. Total – 32h de viagem), mas lá você não vai pegar nenhum voo, só trens bala, então dá para esquecer.

Visto

Brasileiros precisam de visto para entrar no Japão. Mas não se preocupe, é super simples de tirar e você não vai passar por nenhuma entrevista. Será necessário apenas apresentar uma lista de documentos ao Consulado Japonês da sua Cidade, em São Paulo é na Av. Paulista. Para mais informações clique aqui.

Quando ir / Roteiro

Roteiro Japão

Fui no final de abril, na Golden Week, semana que juntam 4 feriados no Japão e em alguns deles rolam festivais de rua no centro velho, por isso optamos por ficar lá e na volta à Tóquio ficar na região de Shibuya – lado moderno e de compras.

O primeiro feriado durante a Semana de Ouro é 29 de abril, o Showa no Hi, em comemoração ao aniversário do ex-imperador da Era Showa. O segundo feriado é em 3 de maio, o Kenkoku kinen no hi (kenpou kinenbi), que é o Dia da Constituição Japonesa, que entrou em vigor no dia 3 de maio de 1947. Dia 4 de maio é o dia de Midori no Hi (Dia do Verde), uma data dedicada à apreciação do meio ambiente e a natureza. O último feriado é Kodomo no Hi (Dia das Crianças) simbolizado por aqueles “peixes biruta”.

Por 2 semanas perdi a Sakura, florescer das cerejeiras, mas peguei o florescer das Wisterias que também são lindas – veja nesse post 

O que incluiria no roteiro
Okinawa – ilha onde tem belas praias, população mais velha do mundo e é uma base exército americano. Como o clima estava tenso entre Coreia do Norte e USA em 2017, preferi não ir! A passagem também era muito cara.

Fiz um post de cada cidade –
Tóquio – clique aqui
Osaka – clique aqui
Hiroshima – clique aqui
Hakone – clique aqui
Kyoto – clique aqui
Yokohama – clique aqui
Tokyo Disneyland – clique aqui

Clima

A temperatura estava agradável, poucos dias de chuva, calça jeans, camiseta e um casaquinho na mochila estava super ok.

Comida/ Gastronomia

Aqui contei com as dicas que recebi no insta do Fe Blasques que morou no Japão 5 anos – muito obrigada pelas dicas 😉

Quioto e Osaka são os melhores lugares para experimentar a alta culinária japonesa.

Diz-se por ai que o Japão tem mais restaurantes per capita que em qualquer outro país do mundo, você vai “kuidaore” (comer até cair). A alimentação é sempre arroz com carne ou peixe, ou o famoso ramem, macarrão feito de ovos, ambos são bem tranquilos para nós ocidentais.

Sushis: São bem diferentes dos do Brasil, para começar não existe cream cheese e o atum é muito mais consumido do que o salmão.

Tem opções de rodízio de esteira (Kaiten Sushi), onde o prato vai passando e você pega o que quiser ou também pode pedir pelo painel na sua mesa, que é melhor. É certo que virá fresquinho, feito na hora, vale a pena conhecer, fora que parece que você está em uma estação de trabalho… cardápio em inglês é raro, escolha pela imagem.

Restaurante Toquio Comida japonesa no japão

Cardápio de comida no japão

Há muitas lanchonetes fast food em todo o Japão. Boa parte deles são lojas americanas como McDonald e Burger King, mas também há várias cadeias de lojas japonesas, como Mos Burger e Lotteria.

Por lá também é muito comum as lojas de conveniência, que ajudam muito no nosso dia a dia, uma boa opção pra uma comida rápida e um lanchinho pra matar a fome durante o dia e também muito útil para usar os banheiros rs. A marmita do dia a dia do japonês se chama Bento, e tem por toda parte.

Bento - Marmita japonesa

Ramen também é sempre muito gostoso e foi a minha opção diária em 1 das refeições do dia.

Ramen - Comida Japonesa Toquio

Ramen - Comida Japonesa Toquio

Tem também comida de rua, barracas com todo o tipo de comida, algumas bem exóticas, para os mais aventureiros.

comida de rua no japão

comida de rua no japão

comida de rua no japão

comida de rua no japão

 

Idioma

É… quase ninguém fala inglês, mas eles se esforçam.
Nem no banheiro tem descrição, nem preciso dizer que entrei algumas vezes no masculino 🙈😂
O muito obrigado é Arigatou gozaimasu – na pronuncia fica “arigato gozaimais”, fale para você entender 🤣🤣🤣.

Uma piração são as farmácias e supermercados. Shiseido lá é tipo Dove aqui, tem em todos os lugares e cabe no bolso as marcas de segunda linha.

Farmácias e supermercados no Japão Farmácias e supermercados no Japão

 

Religião

O xintoísmo e o budismo são duas religiões que estão sincretizadas no Japão, cerca de 80% dos japoneses praticam os rituais xintoístas atrelados aos preceitos do budismo. O xintoísmo surgiu antes do budismo, no entanto, os xintoístas absorveram muitas das crenças dos budistas em seus rituais e filosofia.

Como se locomover / Transporte

O japonês é sensacional! Tem uma educação e uma civilidade que impressionam! Também… A maioria dos japoneses trabalha 60h semanais e tem 14 dias de férias por ano! A partir dos 5 anos de idade, todos colocam terno para ir para escola!

Todos os brasileiros deveriam passar uma semana no Japão. Você entra em metrôs e ruas lotadas e ninguém esbarra em você. O metro lotado é silencioso! Surreal.

Shibuya Tóquio Japão - maior cruzamento do mundo

Voltando ao assunto banheiro, não estranhe se encontrar um desses, é super comum.

banheiro no Japão

Outra coisa que me impressionou é que as japonesas andam com os joelhos para dentro. O que me disseram foi que, quando crianças, fiquem muito tempo ajoelhadas (posição dos japoneses comerem no chão), e adolescentes sonham em serem bonecas, então pisam para dentro e acaba atrofiando a musculatura, dá muita dó. Mas vi em um blog outras teorias, veja aqui.

Japan Rail Pass 🚅
É o ticket oferecido exclusivamente a turistas que comprarem com antecedência. Válido em praticamente todo país, você pode utilizá-lo em qualquer rota entre e nas cidades onde a empresa JR opera, com exceção de algumas linhas privadas.

Japan Rail Pass

Comprei o de 21 dias foi ótimo para as day trips e demais cidades do nosso roteiro, inclui os Shinkansen (trens bala) por 509 dólares, mas em Tóquio deixou a desejar porque as melhores opções são as linhas privadas. Alguns dias comprei o day use das linhas privadas por 8 dólares, ou comprava na máquina o trecho, é bem simples de usar a máquina! Importante – você precisa comprar o Rail Pass antes de chegar no Japão, eu comprei no site m.japan-rail-pass.pt e mandaram por fedex para o Brasil. Chegando em Tóquio você troca e valida no aeroporto.

Pesquise os valores antes de comprar, existem agências no Brasil que vendem mas o preço não compensou!

O google maps te dá todas as opções, incluindo só com o JR pass.
O chato é que o Japan Rail Pass não passa na catraca dos metros, então sempre você vai precisar apresentar no guichê toda vez que entrar e sair.

Metro Japão trem bala

Shinkansen – trem bala Japão

Shinkansen – trem bala Japão

Eu não peguei nenhum táxi no Japão, só metrôs e trens, os chamados Shinkansen – trens bala – incrivelmente pontuais, limpos e silenciosos. Os novos, que não estão inclusos no JR Pass, chegam a mais de 500 km/h, por meio da levitação magnética, são os N700.

Shinkansen – trem bala mais rápido do mundo Japão

Alguns metros têm vagões só femininos.

metro Japão vagão só para mulheres

Aeroporto de Narita
Excepcionalmente funcional, a chegada a Tóquio mostra o porque o Japão é tão incrível, um país de 1º mundo! Eles são extremamente civilizados, organizados e sempre solícitos mesmo sem falar inglês!

Tudo foi muito rápido, imigração, bagagem, Exchange money, chip e, por último, validar o Rail Pass. E já agendei o Narita Express para a Tokyo Station, única opção para quem quer usar o JR Pass. Trem limpo, vazio, excelente!

Preços

Tóquio está entre uma das cidades mais caras do mundo e nada é barato.

Dinheiro

Levei dólares e a dica é trocar bastante no aeroporto, tem pouquíssimas casas de câmbio.

1 Iene japonês igual a 0,0092 Dólar americano
1 Iene japonês igual a 0,036 Real brasileiro
* Números de 2017

Internet

No Japão você tem 2 opções: comprar um chip ou alugar um mini modem que permite acesso a mais que um aparelho. Eu achei que o modem não valia a pena, tem que carregar toda hora, cai a conexão no metrô. O mini modem por 21 dias custa 100 dólares e o chip de 5GB custa 55 dólares, ou 5.500,00 ienes.

Tem várias empresas no aeroporto, veja a melhor opção para o seu tempo e uso e já fique conectado! Você precisa estar conectado 100% do tempo, principalmente no Google Maps, que vai te ajudar a não se perder nem pegar o metrô ou trem errado!

No próximo post conto tudo de Tóquio !

Quer ver mais? Vai lá no insta @elas_mundo_afora que tem muitos stories do Japão!