Caminho de Santiago de bike

Vou contar o dia a dia do meu Caminho sem muitas reflexões porque cada um tem um propósito e é muito pessoal. E também não quero estragar as surpresas desse Caminho Mágico.

O roteiro e todas as informações úteis estão nesse post.

DIA 1: Saint-Jean-Pied-de-Port – Espinal

Distância percorrida – 37Km
Altimetria – 1.057m

Chegou o grande dia! A 1ª etapa e a mais temida – os Pirineus !!!
Saímos cedo de ônibus, na verdade quase nem dormi de ansiedade, rumo a França, Saint Jean Pied de Port o ponto de partida do Caminho Francês.

Saint Jean Pied dePort

Saint Jean Pied dePort é parte do território histórico do País Basco e foi sua capital a partir de 1512 após a separação do resto de Navarra.

Construída no lugar do antigo castelo dos reis da Navarra, sobre a colina de Mendiguren, a cidadela de Saint Jean Pied de Port faz parte do conjunto de fortalezas nas montanhas dos Pireneus Ocidentais.

Montamos as bikes, passamos na oficina do peregrino para pegar o passaporte já com o 1º carimbo 😉 e a vieira.

saint-jean-pied-de-port-bike

Depois tomamos um belo café da manhã, passamos em uma vendinha para comprar água, frutas  e partiu encarar os Pirineus.

Saint Jean Pied dePort

passaporte peregrino caminho de santiago

caminho de santiago

Já comecei a procurar as conchas e setas, cada lugar tem uma e eu fotografei todas para a capa de cada dia do Caminho nos storeis, dá uma olhada – @elas_mundo_afora.

caminho de santiago

Começou uma chuva forte com vento, fora o frio e a previsão era piorar a tarde, então, em comum acordo, o grupo de 7 pessoas decidiu optar pelo Caminho mais seguro, pela Carretera.

Pela carretera não tem pontos para se abastecer de água, leve pelo menos 2 litros no alforje e algo para comer.

O Caminho então foi subir a serra na estrada, em uma subida interminável, mas não muito íngreme, constante, por 26Km.

Tenho certeza que foi bem mais fácil do que o Napoleônico, não foi torturante, mas também não teve visuais incríveis como eu esperava. Mas com a chuva e neblina  que estava nenhum visual poderia ser tão bonito.

caminho de santiago pirineus

caminho de santiago pirineus

Em alguns pontos dava para entrar no Caminho que estava vazio, nenhum peregrino encarou a chuva.

caminho de santiago pirineus

caminho de santiago pirineus

Me distanciei do grupo e subi sozinha, as vezes cruzava uma italiana também de bike e poucos peregrinos mas fui focada montanha acima. De repente cheguei !!!  Veio uma emoção por ter alcançado mas também uma frustração por não ter ido no original…..coisas que o Caminho me reservou.

caminho de santiago pirineus

Parei em Roncesvalles para esperar o grupo e tomar uma merecida cerveja já que os Pirineus já foram rsrs. Nessa hora passei frio, por mais que a capa de chuva não deixe molhar, por dentro você está úmida de suor, nos dias de chuva, vale a pena levar uma blusa seca para trocar nas paradas.

Roncesvalles Caminho de Santiago

Visitamos a Colegiata de Roncesvalles que também funciona como Albergue e fomos fazer pose na placa clássica dos 790km

Colegiata de Roncesvalles

caminho de santiago de bike

Saindo de lá foram 7Km de descida até o nosso pernoite no Camping Urrobi, banho, jantar peregrino com sopa, macarrão e carne com batata frita, sorvete de sobremesa e cama que amanhã tem mais 😉

Pernoite – Camping Urrobi. Lugar gostoso, limpo, banheiro bom. Tinha uma lojinha para comprar quitutes para levar na bike, espaçoso, eu indico!

No próximo post conto como foi a pedalada na Região de Navarra na Espanha.

Quer ver mais? Vai lá no @elas_mundo_afora 😉