Caminho de Santiago de Compostela

O Caminho de Santiago começa no dia que você decidiu percorre-lo! A preparação é uma etapa importante e prazerosa. Nesse post vou falar sobre os meus treinos, os equipamentos específicos de ciclismo e o que levar na mochila e na bike

Com roteiro e passagens em mãos, conto tudo no post de Guia de Viagem, chegou a etapa de preparação!

Faltando 3 meses para o início comecei os treinos de pedal. Sempre pratiquei atividade física mas a bike era um meio de transporte para mim até então rsrs Baixei o app Strava e comecei a colocar metas!

Cada um tem um ritmo de vida, eu sou disciplinada e tenho flexibilidade de horários então meu treino foi intenso! E moro em Ilhabela, um ótimo lugar para treinar com visuais paradisíacos e todos os tipos de terreno. Mas é possível treinar indoor, quando chovia ia para o spinning.

Praia do Jabaquara Ilhabela

Em nenhum momento simulei a quilometragem que ia fazer no Caminho e sempre pedalava um dia, fazia outra atividade no outro e respeitava 1 ou 2 dias de descanso na semana. Fiz isso para poder incluir um trabalho de força, ganho massa muscular e também para não pegar bode de pedalar, não pode ser traumático, tem que ser prazeroso!

É essencial fazer musculação, você precisa de músculos para ter resistência nos dias seguidos de pedal. Pilates eu preciso fazer para mobilidade da coluna e contei com a ajuda da super professora Aline Batista que fez um treinamento específico de CORE que é muito importante no ciclismo. Muito obrigada amiga!

Nos treinos eu não me preocupava muito com os quilômetros por hora, era mais tempo encima da bike para ir calejando, afinal nosso corpo não foi feito para ficar 6 ou 8 horas encima de um selim, requer uma adaptação!

treino de bike

E lá é outra história, o lugar é lindo e tem uma energia indescritível! Todos que estão ali estão enfrentando dores, fome, cansaço, frio com um só objetivo – chegar na Catedral de Santiago de Compostela. Um dá força para o outro e você vai muito mais além do que imagina.

Meu planejamento foi

Planilha treinos Caminho de Santiago de bike

Precisa treinar tudo isso?

NÃO! Eu que sou maluca e viciada em endorfina, com 3 treinos semanais de 25km à 35Km você consegue fazer SIM!

Acho importante treinar em estrada de terra com cascalho, o Caminho é boa parte em estrada de terra e requer algumas manhas para não cair!

Nesse ponto foi ótimo estar com o Alemão, ele me ajudou muito a vencer umas descidas super íngremes e me ensinou muito de bike.

Suplementos

No 2º mês entrei com suplementos – tomava 2 BCAAs antes dos treinos e pós treino tomava mais 2 BCAAs e 1 dose de 28grs de proteína.

Não sei dizer se foram os suplementos ou os treinos mas os 40km por dia fluíam e no dia seguinte estava nova, pronta para outro treino! Não comece sozinho, é importante perguntar para o seu médico ou passar por um nutricionista para ver a melhor opção para você.

Mais infos sobre o BCAA para o ciclista clique aqui

Música

O que me deu um baita gás e mudou tudo foi – MÚSICA! Nunca tinha pedalado com fone e foi um divisor de águas nos treinos e no Caminho. Pirei fazendo playlists gigantes e pedalava me imaginando no Caminho, cantando alto, feliz da vida!

Super importante ter playlists off-line, eu uso o Spotify, com músicas cuidadosamente selecionadas! Eu fiz 2 com 150 músicas cada e alternava em cada momento do pedal!

EQUIPAMENTOS CICLISMO – O que levar?

 Existe uma infinidade de produtos para ciclismo e minha dica é – teste tudo antes de ir para ver qual é melhor para você! Li e perguntei para o meu dermatologista e ginecologista, recebi várias dicas, algumas não funcionaram e com os testes e treinos vi o kit que funcionava para mim.

Por exemplo – muitas pessoas dizem que pedalar sem calcinha é melhor, eu prefiro com calcinha sem costura e ainda levava outra para trocar na hora do almoço/lanche do meio do dia, o importante é tentar manter a região seca.

Capacete

Eu não usava e comprei um para ir me adaptando, precisa usar! Uma opção é comprar em Pamplona, tem várias opções no El Corte Inglês por 20 euros e não precisa levar já que é um trambolho. Eu levei o meu!

Sapatilha ou tênis?

Sapatilha ajuda muito, você distribui a força e a pedalada rende mais, mas, é imprescindível treinar antes para não cair! Eu comprei 3 meses antes, e no começo cai 2 vezes, é um tombo bobo, você cai parado porque esquece que está preso na bike. Nos treinos colei uma etiqueta no guidão escrito – ESTOU CLIPADA – para me lembrar, em menos de 15 dias estava no automático girar o pé para sair da bike. Você pode regular o pedal no começo para soltar mais fácil e aos poucos ir apertando.

Se optar por sapatilha precisa levar o pedal com o clip e uma sapatilha para mountain bike porque em alguns trechos você vai empurrar a bike e as sapatilhas de estrada são lisas e escorregam.

Eu comprei essa e deu super certo – Shimano SH-MT34

É bom provar, eu comprei um número maior e não tive problemas

Sapatilha Shimano SH-MT34

Mais infos sobre o uso de sapatilha – clique aqui

Squezze

Como tinha alforje na bike que eu aluguei comprava garrafa de água de 1,5l de manhã e ia repondo nas bicas do Caminho, não levei squeeze.

Bermuda/calça de ciclismo

É o item mais importante e você precisa investir em uma de boa qualidade!

Precisa ter um forro bom, antibactericida e ser confortável! Eu levei bermuda e calça da Flets e achei um ótimo custo x benefício

Caso não queira levar calça, pode optar por pernito.

Camisa de ciclismo

É super cara, eu comprei uma que vi no grupo do Face com a rota do Caminho e ganhei outra da GoBiking. E levei mais 2 – de manga comprida dryfit que eu tinha com proteção UV para usar por baixo. As camisetas de manga comprida podem ser substituídas por manguitos.

Óculos de ciclismo

São importantes para não entrar poeira nos olhos e proteger do vento. Eu investi em um com lente fotocromática e não me arrependi. Comprei esse – óculos Ciclismo Shimano CE-S60X

Você pode comprar em Pamplona no El Corte Inglês.

óculos Ciclismo Shimano CE-S60X

Luvas

Elas ajudam a mão a não formigar e protegem do frio e do sol. É um item barato e fácil de levar, vale a pena! Se for no frio, leve luva com dedo longo mas com touch para conseguir acessar o celular.

Bandana

Mulheres, usem a bandana, o meu capacete tem um botão atrás para ajuste e faz um nó no cabelo horrível e com o suor o couro cabeludo coça, com a bandana não vai embaraçar o seu cabelo e o capacete vai ficar seco! Além de você ter a opção de cobrir o rosto com ela no caso de muito frio e vento. É baratinho, compre 2. Veja aqui as opções de uso da bandana.

Toalha micro fibra secagem rápida

Tem que levar, nos albergues tem para alugar mas essas toalhas de secagem rápida são compactas e quebram o maior galho. Eu comprei essa e deu super certo.

Capa de chuva/Corta Vento

Precisa levar na bike, em alguns trechos tem muito vento principalmente no final da tarde e eu peguei 2 dias de chuva que sem o casaco seria impossível pedalar.

Buzina

Precisa ter na bike, mas tenha bom senso para usar, um Buen Camino dá o recado e os peregrinos abrem passagem.

Suporte para celular

Eu levei um suporte para fixar no quadro da bike o meu celular, para acompanhar a rota e ainda tinha um porta treco que colocava documentos e dim dim. Era bem mais prático nas paradas do que abrir o alforje.

Saco para lavar roupa

É barato, não ocupa espaço e achei super útil. Colocava minhas roupas separadas dentro e depois era só jogar na máquina. Não mistura com a roupas dos outros no albergue, super prático.

PRODUTOS PARA EVITAR ASSADURAS

 Chamois Butt’r

Creme específico para ciclistas, é incrível! Usava diariamente.

Clique aqui para mais infos sobre esse produto.

creme ciclista  Chamois Butt’r

Talco Granado Esporte

Essa foi uma dica de uma amiga triatleta, é antibactericida e ajuda na umidade. Esse talco só vende em farmácias por ter uma quantidade maior de enxofre. Eu colocava no forro da bermuda antes e depois de pedalar quando não era possível lavar.

Talco Granado Esporte

Bepantol / Hipoglós

Como usei o Chamois e não tive problemas com assaduras, eu levei mas não usei.

MALA

Eu sei que o caminho é para praticar o desapego, mas como ia despachar a bagagem levei mais coisas do que quem está de mochila, não me condenem por isso por favor. No total a mala ficou com 7,8kilos.

Mala caminho de santiago de bike

O que levar na bike?

Como não levei minha bagagem e na bike tinha alforje fiz um kit com as coisas que julguei necessárias, quanto menos peso, melhor.

  • Passaporte
  • Cartão de crédito
  • Dinheiro
  • Água – garrafa 1,5L
  • Fruta, castanha ou chocolate
  • Lenços umidecidos
  • Carregador de bateria extra – Spotify, Strava, GPS + fotos a bateria vai embora
  • Casaco corta vento
  • Chamois Butt’r
  • Protetor solar – importantíssimo com o capacete não rola colocar boné então é sol na cara o dia inteiro
  • Protetor labial – o vento resseca muito, precisa levar
  • Kit ferramenta bike
  • Bomba para encher pneu
  • Câmara pneu extra

Meu ritual diário

Pré Pedal 

Antes de começar o pedal tomava 2 BCAAs, passava o Chamois Butt’r e polvilhava o Talco Granado Azul no forro da bermuda/calça

Durante a pedalada 

Reaplicava no meio do dia o Chamois Butt’r

Pós pedal 

2 BCAAs para melhorar a recuperação muscular, banho o mais rápido possível para tirar a roupa justa e úmida e secar bem a virilha. E talco no forro da bermuda.

É um saco fazer isso todos os dias mas entra no automático e com esse ritual não tive nenhum problema com assadura!

No próximo post já estou em Pamplona

No insta @elas_mundo_afora tem dia a dia todo o Caminho