Caminho de Santiago - alto do perdão

O Caminho Francês de Santiago de Compostela passa por 4 regiões da Espanha – Navarra, La Rioja, Castilla e Leon e por fim, a Galícia.

Caminho Francês Santiago de Compostela

A região de Navarra, ocupa uma área de 10 mil km² no Norte da Espanha e tem 640 mil habitantes. É parte do país Basco, faz fronteira com a França e sua capital é Pamplona.

Todo o roteiro, dicas e guia de viagem está AQUI

Comecei o Caminho em Saint Jean Pied de Port, e conto tudo nesse post

DIA 2: Espinal – Puente De La Reina

Distância percorrida – 71Km
Altimetria – 830m

Depois de conseguir dormir umas 4 horas no máximo no albergue, nos primeiros dias é complicado dormir com um monte de gente no quarto, haja vinho no jantar rsrs. O corpo estava bem, sem dor e a disposição veio assim que vi o dia lindo, sem nenhuma nuvem no céu! Um café da manhã reforçado no Camping e partiu pedalar!!

Na parte da manhã o Caminho é bem cheio, os peregrinos saem cedo e param no começo da tarde e como o Caminho era estreito e passava ao lado da Carretera, seguimos por ela por uma serra com visuais lindos até o Alto do Erro, última parada antes de Zubiri…..onde fizemos um pit stop no único lugar que tinha e mais parecia a terra dos  flintstones, com  um furgão disfarçado de pedra, dá uma olhada rsrs

Caminho de Santiago - alto do erro

De lá seguimos pelo Caminho em um descida forte até a charmosa cidade de Zubiri, que na língua basca significa “pueblo del puente”, devido a Puente de la Rabia sob o rio Arga.

Caminho de Santiago

Zubiri - Caminho de Santiago

Zubiri - Caminho de Santiago

 

Almoçamos bocadillo de jámon com Coca-Cola para repor as energias e voltamos ao pedal para Pamplona, onde entramos pelo Parque Fluvial de La Comarca e depois a entrada triunfal pelas Muralhas.

Caminho de Santiago - Parque Fluvial de La Comarca

Caminho de Santiago de bike - Pamplona

 

Pamplona é a maior cidade do Caminho Francês e como cheguei por ela, fiz um post só de Pamplona com tudo que vi. Vale ficar um dia a mais para ver tudo!

Caminho de Santiago de bike - Pamplona

Saindo de Pamplona, o sol estava judiando e  o trecho começou plano, sem nenhuma sombra, em um pasto de ovelhas.

Caminho de Santiago de bike - alto do perdão

Seguimos as setas rumo ao Alto do Perdão e o pedal nesse trecho foi bem puxado. Uma subida honesta, longa e aos poucos Pamplona foi ficando para trás.

Caminho de Santiago de bike

Caminho de Santiago de bike

Ainda bem que já era fim de tarde e não tinham muitos peregrinos porque era um subida com muita pedra e bem estreita. Muito técnica para mim então, bora empurrar a bike pela primeira vez.

Caminho de Santiago de bike

Todo esforço foi recompensado quando chegamos ao Alto do Perdão.

As gigantes hélices de energia eólica e as estátuas de ferro, simbolizando os primeiros peregrinos, emocionam.

Caminho de Santiago - alto do perdão

Caminho de Santiago - alto do perdão

Caminho de Santiago - alto do perdão

Lá o vento estava tão forte que na descida a bike literalmente parou. No final da descida chegamos em Puente de La Reina, no Albergue Jakue e não sei se é porque estava exausta mas achei o lugar sensacional!!

Tem um bar na área externa super descolado, quarto e banheiros bons mas precisa chegar cedo para jantar, é buffet e algumas opções acabam logo. Aliás essa dica vale para todos os Albergues.

Albergue Jakue Caminho de Santiago

DIA 3: Puente de La Reina – Los Arcos 

Distância percorrida – 47Km
Altimetria – 751m

Depois de uma incrível noite de sono, eu literalmente apaguei, acordei com o corpo pesado mas vamo que vamo!

Puente de La Reina é pueblo da Comunidade de Navarra é um dos muitos que devem sua existência ao Caminho de Santiago.

Em Puente de La Reina se juntam os Caminhos Primitivo e Aragonês então fica bem mais cheio!

Começamos o dia conhecendo a cidade de Puente de La Reina, visitamos a Igreja do Crucifixo, paramos para comprar frutas para o lanche e na famosa ponte que dá nome à cidade, no Rio Arga, com 110m de comprimento, 7 arcos e 5 pilares.

puente de la reina - Igreja do Crucifixo

puente de la reina - caminho de santiago

puente de la reina - caminho de santiago

Logo depois de sair da cidade veio um subida de 2Km íngreme e lá fui eu, começar o dia empurrando a bike….

Caminho de Santiago de Compostela

Após a subida, uma reta (UFA) com muitos peregrinos e esse pai levando o filho me chamou a atenção. Chegamos a Cirauqui, com uma paradinha básica para uma fruta , reabastecer de água, fazer pose na escada e carimbar o passaporte 😉

Caminho de Santiago

cirauqui Caminho de Santiago

 

Mais um pouco de pedal, um ponte para empurrar de novo a bike rsrs e chegamos no lindo pueblo de Estella com a imponente Igreja de Santo Sepulcro, construída entre os séculos XII e XIV.

Caminho de Santiago

Igreja de Santo Sepulcro Estella

Logo adiante está a Igreja de São Pedro. Mais uma linda surpresa do Caminho 🙂

Igreja de São Pedro Estella Caminho de Santiago

De lá pedalamos firme até a Fuente del Vino na Bodegas Irache, atrás de uma taça de vinho, mas já era tarde e a fonte estava seca 🙁

Bodegas Irache Caminho de Santiago

Bodegas Irache Caminho de Santiago

Fizemos um pic nic e seguimos em uma pedalada incrível até Los Arcos. Um cidade bem pequenininha com 1.200 habitantes e 56,37Km².

Caminho de Santiago de Bike

Los Arcos - Caminho de Santiago

Jantamos na cidade, visitamos a Catedral e vimos um por do sol lindo para fechar o dia com chave de ouro.

Catedral Los Arcos - Caminho de Santiago

Los Arcos - Caminho de Santiago

Los Arcos - Caminho de Santiago

Pernoite-
Albergue Casa Austria– albergue bem simples, não muito limpo, nem cheiroso mas o astral era bom e deu para descansar porque ficamos em uma quarto quadruplo.

No próximo post continuo o Caminho entrando na Região de La Rioja 😉

Quer ver mais? No insta @elas_mundo_afora tem stories com o dia a dia desse Caminho Mágico.